seta Voltar
  • Destaque
  • Tecnologias

6 tendências de tecnologia em 2023, segundo especialistas

  • 12 de jan de 2023
  • 3 min de leitura
Artigo atualizado 7 nov 2023
thumb

Em 2022 surgiram muitos desafios aos líderes de tecnologia dentro das empresas. Ao mesmo tempo em que foram penalizados, muitas tendências se consolidaram e prometem ainda mais avanço ao longo de 2023.  

De acordo com a pesquisa “Incentivo à adoção de tecnologias emergentes na América Latina”, feita pela Harvard Business Review Analytic Services e NTT DATA, os investimentos em tecnologia não só devem continuar, como também precisarão de mais atenção pensando estrategicamente. Listamos as principais tendências de tecnologia para que você possa se preparar ou, se já começou a investir nelas, ficar atento aos desafios que possam vir a surgir durante o ano. 

Inteligência Artificial 

Este é o ano em que a IA deixa de ser apenas teoria e se torna realidade nas organizações. Com a facilidade de criar produtos ao “clicar e arrastar”, a IA permitirá que qualquer empresa crie soluções e serviços mais inteligentes. 

Não à toa, o mercado varejista já está utilizando essa tendência ao seu favor ao criar algoritmos que permitem recomendar roupas, por exemplo, para os clientes de acordo com seus gostos e tamanhos. Durante a pandemia de 2020, viu-se que é possível efetuar vendas sem contato físico e a tendência de tecnologia baseada em inteligência artificial se intensificou ao automatizar não só essa dinâmica do varejo como também os processos complexos nas empresas. 

Metaverso 

Em dado momento foi polêmico falar de metaverso, mas agora é pra valer: os especialistas preveem que o metaverso adicionará US$ 5 trilhões (R$ 26,54 trilhões) à economia global até 2030, e 2023 será o ano que definirá a direção do metaverso para a próxima década. 

As tendências de tecnologia em realidade aumentada e realidade virtual continuarão avançando no mercado. Pode ser que neste ano, os ambientes de reunião se tornem mais imersivos onde será possível conversar, debater e cocriar juntos, tudo através do metaverso. 

Web 3.0 

Uma nova era da internet, agora, os usuários têm controle total sobre suas atividades no mundo virtual, ou seja, mais autonomia e privacidade em seus armazenamentos de dados, ações na rede e em suas transações.  

Se hoje nós guardamos tudo na nuvem, agora será possível descentralizar e criptografar esses dados usando o blockchain. Isso não só tornará as informações mais seguras, como também teremos uma forma inovadora de acessá-las e analisá-las. 

ESG 

Muito se fala em questões sustentáveis hoje em dia e as organizações incluíram essa pauta até como métricas e objetivos. Dessa forma, criou-se a sigla ESG, que contempla questões ambientais, sociais e de governança corporativa. 

Por enquanto ainda não há muito o que dizer desta tendência, mas com certeza será motivo de muita discussão nas organizações, pois ganhará força em 2023. Algumas empresas já falam em “finanças verdes” destinadas exclusivamente a este setor com o objetivo de se tornar cada vez mais sustentáveis. 

De um modo geral, veremos um esforço contínuo para tornar as cadeias de suprimentos mais transparentes, pois os consumidores exigem cada vez mais que os produtos e serviços nos quais investem sejam energeticamente eficientes e apoiados por tecnologias mais sustentáveis. 

Eventos híbridos 

A maior tendência de tecnologia que surgiu foram os eventos híbridos. Lives, shows e eventos online ganharam uma força absurda nos últimos 2 anos devido à pandemia mundial, e essa é uma tendência que não deixará de existir tão cedo. 

Eventos neste formato permitem uma democratização maior, já que é possível ter público pessoalmente e outro ainda maior (muitas vezes) no online.  

5G 

A internet para o celular já passou pelo 2G, 3G, 4G e agora chegamos ao 5G. Executivos afirmam que “a análise de dados é essencial para um bom funcionamento das empresas e, com a chegada do 5G, a distribuição de informações das máquinas para a nuvem será otimizada. Agora, o objetivo é ampliar o acesso ao 5G e tornar possível essa hiper conexão”. 

Nada melhor do que unir a nuvem com o 5G, pois dessa forma aumentará a eficiência na gestão e consequentemente promoverá ganhos de competitividade global. 

Fonte: revista Forbes

  • 5G
  • esg
  • IA
  • metaverso
  • tecnologia
  • tendências tecnologia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 14 =

Voce pode gostar também